In§tante§ ð'um £ouco: Fevereiro 2008
Cai a lágrima face adentro.
Sob o sorriso partido
A dor pendente.
Do outro lado de mim
Saudade
Desejo
Amor...
Perante o silêncio faminto
Um trilho de paixão:
Havia um sonho
Que voava entre madrugadas
Entre estrelas
Entre luares.

Coração da noite, perfeito
Desfeito em silêncio mortal...
Desfaço o tempo até onde permito
Rasgo todos os lugares que lembro
Oculto vozes, depuro instantes
Desenleio ferozmente
Todos os caminhos até mim.

Nudez d'alma
Insónia cúmplice dos meus medos...
online