In§tante§ ð'um £ouco





Num pedaço de argila
Moldei meu sonho
Com lágrimas em pó
Que o sol deixou
Ao olhar meu rosto.
Meus dedos tocaram
O sonho nascido
Promessa dorida,
A luz dos olhos dizia vida
Mas depois apagou-se.


Meu sonho, flor negada...

1 Comments:

Blogger © Piedade Araújo Sol said...

nostalgia!

os sonhos sao nossos e podem ser o que quisermos.

beij

8/6/11 21:49  

Enviar um comentário

<< Home

online