In§tante§ ð'um £ouco
Na singular razão de tudo que faço
Nada importa o que eu seja.
Memória curta, finada em pensamento.
Esquecida!
Pouco importa o que seja
Ou que deixe de ser.
Morro em esquecimento
Entre um instante e um momento.
Viver não é lembrar
viver é ser.

Viver sem lembranças
Viver na morte do pensamento...


5 Comments:

Blogger .*.Magia.*. said...

Lembrar de ser tudo que o pensamento não permite. Assim nasce a loucura.
Pouco importa o que seja...
O que é interessante é viver, mesmo que viver seja simplesmente enlouquecer, comover, ou talvez esquecer...

Crazy Boy...
É tocante este video...

Kisso-te

14/10/08 01:32  
Blogger An Ambush of Ghosts said...

Excelente som... !

14/10/08 23:37  
Blogger Teresa do Mar said...

O pensamento não morre.
Mesmo tapado pelo silêncio.

17/10/08 21:17  
Blogger Thiago Forrest Gump said...

Todos querem ir para o céu mas ninguém quer morrer!

18/10/08 04:54  
Blogger GUARDA-LIVROS said...

Ai que lindo!
Que lindo, que lindo!
Muito eu gostava de ser poeta como V.Exa!

Mas a vida foi-me madrasta, que fazer?
Há que aceitar o destino...

18/10/08 20:12  

Enviar um comentário

<< Home

online