In§tante§ ð'um £ouco
Não é natural, digo eu...
Instantes depois cinjo-me à beleza da dita.
Ponte entre a paixão abstracta
E o concreto da poesia.

*

Romance inacabado
Que em sonho se completou
Não é de príncipe
Nem de quem sou.

Para lá do que é
Digo o que não é...
Primavera em flor
Sem que haja primavera.

Lenda viva que sonho
Perdido em a preservar...
Quem me usurpou o desejo
Que quero ter por terminar?

5 Comments:

Blogger © Piedade Araújo Sol said...

lindo, como sempre!

beij

13/6/08 21:32  
Blogger 2Pintas said...

muita sensibilidade..."lenda viva que sonho...Perdido em a preservar...!" e será que tudo isto não passa de uma lenda viva que sonhamos!? e ninguém consegue terminar!

15/6/08 10:42  
Blogger delusions said...

água entre as mãos...

lindo como de costume


bjs*
sofia

15/6/08 12:51  
Blogger .*.Magia.*. said...

Crazy Boy,
Gosto das tuas lendas vivas,
Para lá do que é, e do que não é!

E tens razão, não é natural!
O que é natural, natural, natural, naturalissimo é isto

Deixo um beijo, mas não te habitues!

15/6/08 15:34  
Blogger Cleopatra said...

Gostei
Gosto.

29/6/08 23:37  

Enviar um comentário

<< Home

online