In§tante§ ð'um £ouco
Saudade e o teu mundo

As letras saltam assim de páginas rasuradas
Facas que riem
(silêncio)
Lágrimas que gritam
Palavras que calam
Memórias que choram
Tremo
(regresso)
Ergo a cara ao sol
Cheira a sal o teu mar
(respiro)

Morri.
Existo no nada.

7 Comments:

Blogger inV3RS0 said...

ola...voltei..há horas em que as taskinhas ficam barulhentas e já não aguento vozes que lutam em décibeis lá em cima.O stranger também saiu...

http://inv3rs0.blogspot.com/

3/4/08 00:43  
Blogger muguet said...

hoje vim aqui pela tua música...
precisei de a ouvir.

obrigada por ela.

3/4/08 03:50  
Blogger Dulcineia said...

Hoje vim porque sim.
Como sempre escreves muito bem.
bjo.

3/4/08 15:36  
Blogger NARNIA said...

Em silêncio, embalada pela musica e pelas palavras.

4/4/08 19:00  
Blogger M@nza said...

Olha Louco hoje vim porque apanhei o autocarro 45 e por motivos alheios teve aqui uma "escala técnica". Deu para ouvir e ler.
Bom como sempre.
um abraço

7/4/08 01:18  
Blogger Obsession said...

Existes... em mim!

9/4/08 19:58  
Blogger Anabela said...

Eu tenho o mar desenhado nos meus lábios...


Beijo

Talvez nesse nada encontres TUDO.

24/4/08 15:11  

Enviar um comentário

<< Home

online