In§tante§ ð'um £ouco
Saudade...
Incenso distante e tão próximo
Onde a nostalgia fica a ouvir
Palavras que ficaram por falar.

Ah, como eu sinto o silêncio
Nestes instantes dispersos
De abandono e solidão...

19 Comments:

Blogger Mulher como você said...

" A vida é a arte do encontro, embora haja tantos desencontros pela vida."

25/10/07 00:40  
Blogger Obsession said...

Saudade...

25/10/07 19:15  
Blogger Sant'Ana said...

O fumo do incenso como o tempo que passa na vida.

25/10/07 21:27  
Blogger 2Pintas said...

porquê quando estamos sozinhos sentimos tanto a solidão e um silêncio profundo!...
bjs

25/10/07 21:34  
Blogger Zézito do Nada said...

encontros e desencontros do nosso eu

26/10/07 00:58  
Blogger Brain said...

O som avassalador do silêncio...
O peso que esse som tem no ser...

Instantes dispersos,
Mas marcantes.

LdL aquele abraço.

26/10/07 12:20  
Blogger Tita - Uma mulher, Um blog, algumas palavras said...

Saudade é o meu nome do meio. Saudade do que fui, do que ainda serei. saudade é uma palavra enorme, mágica, que carrega em si tanto de tudo e de todos.

Um beijo e um bom dia

26/10/07 12:40  
Blogger Bichinho said...

Beijo fantasma no silêncio.

26/10/07 15:16  
Blogger Papoila said...

Olá Senhor Louco!
Saudade... silêncio...
Saudade!
Beijos

26/10/07 18:21  
Blogger paper-life said...

Apesar do silêncio gritante das tuas palavras eu não consigo desligar o canto de Aznavour. Revê-lo foi uma festa inesperada. :)

Abraço

26/10/07 20:49  
Blogger Márcia said...

Amo o silêncio e ele é de facto uma óptima companhia, nao tenha dúvidas...

Beijinhos

27/10/07 13:39  
Blogger Cleopatra said...

La Bohéme! LINDO!!!!!

Eu falo de um tempo em que os jovens de hoje não podem viver mais montmartre ornamentada coberta de lilás, e sob janelas, humildes dormiam, em trapos de linho, viviam nas ruas, ali nos conhecemos, eu pintando a fome e tu pousando nua.
Boemia, boemia, lazer, amor e distração.
La boheme, la boheme, comer num dia e no outro não.
Dans les cafés voisins
nous étions quelques-uns
qui attendions la gloire
et bien que miséreux
avec le ventre creux
nous ne cessions d´y croire
et quand quelque bistro
contre un bon repas chaud
nous prenait une toile
nous récitions des vers
groupés autour du poêle
en oubliant l´hiver.
La bohème, la bohème tu eras linda e algo mais
la bohème, la bohème eramos jovens geniais
Souvent il m´arrivait
devant mon chevalet
de passer des nuits blanches
retouchant le dessin
de la ligne d´un sein
du galbe d´une hanche
et ce n´est qu´au matin
qu´on s´asseyait enfin
devant un café-crême
épuisés mais ravis
fallait-il que l´on s´aime
et qu´on aime la vie.
La bohème, la bohème saldosos loucos vinte anos
la bohème, la bohème viver do ar do cotidiano
Quand au hasard des jours
je m´en vais faire un tour
à mon ancienne adresse
je ne reconnais plus
ni les murs, ni les rues
qui ont vu ma jeunesse
en haut d´un escalier
je cherche l´atélier
dont plus rien ne subsiste
dans son nouveau décor
montmartre semble triste
et les lilas sont morts.
Boemia, boemia, éramos jovens e muito loucos
la bohème, la bohème
ça ne veut plus rien dire du tout


.......................

27/10/07 22:14  
Blogger Cleopatra said...

Puxa! Fico aqui toda a noite a ouvir

27/10/07 22:16  
Blogger ♥≈Nღdir≈♥ said...

"Ah, como eu sinto o silêncio
Nestes instantes dispersos
De abandono e solidão..."

... Quando o silencio soa mais alto do que o timbre das palavras proferidas... são saudades!...

Bjx

27/10/07 23:34  
Blogger Mariana Matos said...

Passei por aqui para te reler.
Lindo poema.
"kiss até outro instante" - dizes tu. cito-te eu. :)

28/10/07 16:58  
Blogger Papoila said...

No silêncio sentimos as ausências.

Beijos
BF

28/10/07 21:47  
Blogger adc said...

Abandono, solidão, silêncio... o meu silêncio já não é desconfortável, é tranquilizante... a minha saudade prende-se forte aos que desejavam estar e não aos que decidiram partir...
Espero que contigo evolua dessa forma também...

Bjs

28/10/07 23:21  
Blogger DarkMorgana said...

As palavras que ficaram por dizer...são as que mais doem...

30/10/07 19:53  
Blogger Pedaços de mim said...

SAUDADE.....


;(


Muitas, sem duvida.

1/11/07 23:44  

Enviar um comentário

<< Home

online