In§tante§ ð'um £ouco
Aqui, sentado à beira de mim
Neste mar feito céu
Caio em torrente
Sobre um castelo desmantelado.
Sofro por ter sofrido
Nesta angústia que não encerra
Angústia que trepa à boca
Na esperança que não termina.
Amarga esta amargura...
-Existência insegura-
Canso-me de tudo
Tudo me pesa.

Gostava de te ter aqui
Mesmo que o teu cantar fosse mudo...

18 Comments:

Blogger Fofa said...

Às vezes a presença basta... só a presença, mais nada.

Bjo fofo

23/5/07 01:07  
Blogger Estranha pessoa esta said...

Grito de pesos.















Partilha de silêncios.












Coração que quer falar.









Pensamento que trepa.





Cansaço.




Aqui!

23/5/07 01:35  
Blogger Paula Raposo said...

Gostei...beijos.

23/5/07 11:52  
Blogger mac said...

Cantar mudo feito de gritos mudos que mesmo assim clamam alto por ti.

23/5/07 12:35  
Blogger .*.Magia.*. said...

Resolvi silenciar...
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
Grito surdo de saudade!!!!



"Queria que estivesses aqui

(...)

Como eu queria...
Como eu queria que estivesses aqui
Somos apenas duas almas perdidas
Nadando num aquário
Ano após ano
Correndo sobre este mesmo velho chão
O que encontramos?
Os mesmos velhos medos
Queria que estivesses aqui"

In In§†an†e§ ðe µm £oµ¢o 1/9/2006



É.
Vasculhei as tuas gavetas.
Apeteceu-me!
E sabes que mais?
Soube-me muito bem o encantar mudo das tuas palavras !

Kisso-te Crazy Boy
Até outra loucura

23/5/07 14:50  
Blogger Princesinha said...

Simplesmente estou sem palavras... mas as palavras não são precisas, pois percebi pelo teu texto que basta estar lá, nao é?:)

bjs

23/5/07 17:46  
Blogger NARNIA said...

... Como a sombra que foge, ou a espuma que se desvanece...

23/5/07 23:02  
Blogger impulsos said...

Olá Louco de Lisboa!

Tenho recebido visitas tuas e como gosto de visitar quem me visita, não poderia deixar de o fazer aqui também.

A nossa vida é feita de muitas coisas, coisas essas, que na altura até nem lhe damos o devido valor... e voltamos-lhe costas.
Mais tarde, num passeio pelas memórias que guardamos em gavetas de uma qualquer cómoda antiga e empoeirada, bem lá no fundo da alma,deparamo-nos com algumas dessas coisas, que nos deixam a pensar...

Aí, damo-nos conta que vamos passando pela vida sempre em busca do melhor... das melhores coisas... dos melhores dias... os mesmos que nunca chegam, porque se calhar já passaram e não demos por isso.
Só então, se olha em volta e se enxerga o enorme deserto que nos cerca,desejando não estar ali e lamentando o tempo que se perdeu, pois para trás o tempo nunca voltou.

Foi um impulso meu!

24/5/07 11:23  
Blogger brit com said...

Este blog foi nomeado para o prémio "Blog com Tomates". Para mais informações visite http://blogcomtomates.blogspot.com

24/5/07 15:07  
Blogger Bruxinhachellot said...

A amargura incomoda, cansa, pesa no peito e na alma. Fica bem.

Beijos de vinho.

24/5/07 16:25  
Blogger Papoila said...

Louco de Lisboa!
Esperança que não termina!
Esperança que não termina!
Bela foto!
Beijo

24/5/07 17:33  
Blogger £oµ¢o Ðe £Î§ßoa said...

Olá Impulsos, sois uma querida!

Visitaste-me porque te visitei, pois... pois, pois!!
Nós até nos conhecemos, tu sabes que sim, eu sei que sim, daí não entender a introdução do teu comentário.
Adiante...

Sobre o comentário propriamente dito, cada um sabe de si!

Ah... e obrigada pela sms, fiquei contente por te teres lembrado que hoje sou aniversariante, e como não te respondi deixo aqui o meu agradecimento.


Foi um impulso meu!

24/5/07 20:13  
Blogger .*.Magia.*. said...

Foi você que pediu um comentário 13 ?

24/5/07 23:23  
Blogger adc said...

Canso-me dos protocolos de ser aprazível... cansei-me de seguir os trilhos!!!

beijos da adc

24/5/07 23:53  
Blogger Azul said...

Por vezes é bom ter a presença mesmo que em silêncio. E tem tantas outras que basta saber que esse alguém existe e que mesmo longe de nós, está presente.

Beijo
Azul

25/5/07 13:03  
Blogger Cleopatra said...

OLá!!!!!

27/5/07 06:00  
Blogger tb said...

É às vezes nos silêncios que se dizem as maiores palavras.
Deixo beijo silencioso de parabéns embora com uns dias de atraso. :))))

27/5/07 15:09  
Blogger Tânia Pereira said...

Não tenho nada a dizer porque só senti!
Lindo!

28/5/07 21:57  

Enviar um comentário

<< Home

online