In§tante§ ð'um £ouco
Silenciosamente provei a malícia
Derramei tristeza em lágrimas de dor
Amarguei esperas infinitas
Senti-me abandonado e só
Conheci o descrédito
Tive má fama
E tudo superei

Hoje, nada me ensombra
Até os desencantos me encantam...

23 Comments:

Blogger Francieli Rebelatto said...

Te conheceste neste processo todo e passou a ter consciência do que te atinge e te machuca e isso não tem preço, pois agora não há mais mal que te assombre...

Será??? Será, mas será que o assombramento às vezes não é necessário nesse nosso processo contínuo de auto-conhecimento? Acho que sim, como os sorrisos, as lágrimas também tem de existir para umedecer a pele do nosso rosto e então limpar nosso poros, quem sabe então nossa alma...

Muito lindo!!! Beijos, cuide-se e uma ótima semana.

24/4/07 00:15  
Blogger Som do Silêncio said...

Boa noite Louco!

"Até os desencantos me encamtam..."
Nem calculas como essa frase me diz tanto!

Beijo Silencioso

24/4/07 00:34  
Blogger Tainha said...

Lindo louco! Você é lindo louco! Um louco lindo!

24/4/07 00:46  
Blogger .*.Magia.*. said...

My Crazy Boy...

Wisely...

Silenciosamente...
Infinitamente...
Dolorosamente...
Ensombradamente...
Encantadamente...
e desencantadamente...

Desensombram-se instantes de vida!

Um beijo mágico para ti

24/4/07 00:59  
Blogger Cleopatra said...

Poeta desencantado
Nostalgia aborrecida?
Desencanto?
Não vale a pena tanto...
Ora bolas!
A Vida é tão curta
Sorri.

24/4/07 01:10  
Blogger Luciana said...

E assim se dá a volta por cima em GRANDE!!! :)
Beijos

24/4/07 09:49  
Anonymous dhyana said...

Até um lamaçal se transforma em relva fresca.
Besos.

24/4/07 10:30  
Blogger Brain said...

"Até os desencantos me encantam..."

Porque tudo tem o "outro lado",
Porque nada é apenas o que se vê,
Porque tudo, nunca é simplesmente "aquilo".

Há quem na situação da primeira parte pense, que foi ao fundo.
Eu, acredito, que quando assim é, não vamos ao fundo...
Encontramos o outro lado!

Gostei.
Abraço.

24/4/07 11:39  
Blogger Orquídea selvagem said...

Gostei do blog...vou passar cá mais vezes...

24/4/07 12:19  
Anonymous Paula Raposo said...

Gostei da conjugação das palavras com a fotografia. Um dia, tudo se torna leve como uma pena! Beijos.

24/4/07 13:08  
Blogger brisa de palavras said...

Gostei da frase final ...até no desencanto há esperança...h+a um encanto desencantado...
um abraço
brisa de palavras

24/4/07 14:45  
Blogger Alex said...

Quando as memórias se tornam leves.
Quando o sabor já nem amargo é.
Um beijo para ti

24/4/07 17:46  
Blogger Papoila said...

Senhor Louco:
Lindo! Até os desencantos me encantam...

Uma pena cai do céu
em suave
dança…
Tudo a poderia
interromper...
Incauta
ela dança
roda
enrola
valsa
vaporosa…
E seu voo
tal a vida
jaz…
No solo!

Encanto é colhê-la na mão no desencanto da queda!

Beijos

24/4/07 18:03  
Blogger Azul said...

É... até os desencantos nos encantam... quanto mais não seja porque aprendemos sempre algo...

Beijo
Azul

Bom feriado

24/4/07 20:00  
Blogger M@nza said...

O MB é um pão??? uhmmm!

25/4/07 00:01  
Blogger Op.Louca said...

Magnificas as tuas palavras....deixas nos teus leitores uma impressão imorredoira!
Parabéns!

Beijinho : )

25/4/07 16:31  
Blogger woodyallen said...

Louco, Você é muito bom...
Continue.
Um abraço.

25/4/07 21:50  
Blogger DarkMorgana said...

E o darksidemorgana?
Também não te ensombra?
Jinhos

25/4/07 22:37  
Anonymous alem horizonte said...

Sim...
Tudo se pode superar
( ou quase tudo!)

É...
que nada impeça de viver, mesmo se algum desencanto teima em fazer-se sentir.
Encontrar encanto nesses momentos... Assim eles se tormem leves como essa pena e suaves na memória.
Algumas vezes pouco basta para que isso possa acontecer,,,
Tudo de bom,
Beijo

26/4/07 01:50  
Blogger Ana Luar said...

E finalmente alguém que vê algo de bom onde mais ninguém vê. Já não me sinto tão sozinha!:) Lindo senhor loko.

26/4/07 14:13  
Blogger mac said...

Parece aquela canção do grande Frank Sinatra "I did it my way".

26/4/07 15:15  
Anonymous Anónimo said...

Só uma alma desenganada e vacinada sabe lidar com sentimentos assim... já nada lhe causa espanto, nem o desencanto...

26/4/07 18:33  
Blogger 2pintas said...

doces palavras amargas que relatam um passado presente na memória! beijinhos...adorei este

3/5/07 14:42  

Enviar um comentário

<< Home

online