In§tante§ ð'um £ouco
Quando escrevo o que não sinto
E choro o que não sucedeu
É porque perdi o que sinto
E creio que não sou eu.

Não me amem, porque não quero!
Quero ser insincero, livre...

26 Comments:

Blogger Tejina said...

Não sei porquê... mas sempre que leio a palavra LIVRE lembro-me sempre das frases:

- "Só peço para ser LIVRE. As Borboletas são LIVRES!"

Como se a Liberdade fosse a maior conquista da nossa vida... Será que existe mesmo a possibilidade de sermos totalmente LIVRES??

Gosto das tuas palavras... reencontro-me nelas como se descobrisse um pouco da minha alma quando "te" leio!!

3/2/07 00:55  
Blogger .*.Magia.*. said...

Ó Louco...
Mas...
Mas...

Como é possivel dizeres isso assim, friamente a nós, tuas fãs que te comentamos e te seguimos os passos diáriamente??

Mas prontes...que queres que faça?
Se não queres que te amem só me resta fazer uma coisa :P

...vou fazer-te uma declaração de indiferença:

Louco, há muito que te queria dizer isto, mas, mas, mas...tenho-me contido, tenho-me sentido inibida e tal...mas prontessss eu digo...
Louco...és-me insinceramente indiferente...
(gostei da palavra insincero, nunca me tinha cruzado com ela...gostei de a conhecer!)

Agora vou ver se consigo fazer o login...isto do beta é uma grande betisse... :P

Até outra magia diferente e mais sincera que esta...

Ahhh beijo a indiferença da tua diferença com liberdade de não querer...é que eu também não quero...!

3/2/07 01:11  
Anonymous mj said...

Quantas vezes dizemos escrever o que não sentimos e fingimos sorrir quando uma lágrima se solta no que não parecendo que somos, seremos...
Ja viste?
Já não sei se sou eu! No eu de mim ou no outro eu que...será "insincero"?
Ah! O Amor... que nos prende mas também nos deixa livres se o vivermos sentidamente.

OK! Vou...
Já não sei se digo ou não digo!
E, antes que me apagues...
( Quem escreveu? A máscara ou...as mãos?!)

Um abraço,

3/2/07 02:39  
Blogger Estranha pessoa esta said...

Quando sinto o que não quero
E grito o que não sinto
É porque perdi o que sou
E creio que assim...
E só assim..
'Me' insincero.
Livre?
Assim, não quero!

3/2/07 03:30  
Blogger rui said...

Olá Louco de Lisboa

Noto qualquer coisa de extraviado nesta fogueira de palavras!

Ultimamente, sais pouco de casa, ou será que andas muito selectivo?

Saudações com cheiro a ilha

3/2/07 14:18  
Blogger Deus@ Misterios@ said...

É o melhor que temos a Liberdade...


beijo te

3/2/07 15:22  
Blogger estrelinha said...

Olá.
Só passei para lembrar que a rosachok faz anos dia 6...

beijinhos surpresa

3/2/07 17:32  
Blogger Noa said...

é lindo o desencadear das tuas ideias. Mas agora acho que pedes demais.
beijoka. "inté".

3/2/07 19:49  
Blogger Maria said...

É impossível não te amar... tu sabes que adoro loucos :P


beijinhos

3/2/07 20:07  
Blogger M&S said...

"O poeta é um fingidor.."

"Que é feito de tudo,
que fiz eu de mim..."

Não aprendam nada comigo!...Deixem-me aprender eu convosco!!!

3/2/07 20:44  
Blogger migvic said...

Olá
Só um louco consegue ver a realidade das coisas...

3/2/07 21:51  
Blogger Som do Silêncio said...

Olá Louco!

Não, não te amo, e não é porque não queres, mas sim porque não amo e pronto! (risos)

Beijo Silencioso

4/2/07 00:04  
Blogger mac said...

Se calhar é porque usas essa tal máscara...
Se a deitares fora, talves sejas mais livre.

4/2/07 00:36  
Blogger Cleopatra said...

Insinceridade é a máscara de quem é sincero..
Bye
Inté!

4/2/07 00:53  
Anonymous Papoila said...

Senhor Louco:
"Quero ser insincero e livre" ... Há lá coisa mais encarcerada que a insinceridade...
Beijo

4/2/07 11:49  
Blogger 2pintas said...

...insincero... penso que ser livre é algo que a minha mente jamais será! ...não consigo libertar-me dos meus pensamentos! quem não gostaria de cometer as maiores loucuras...gozar a vida por completo sem perder tempo!
Boa música, gostei!
beijos*****************************

4/2/07 11:52  
Blogger missixty said...

Por mim estás à vontade, se quiseres um par de estalos é só dizeres, eheheheheh!
beijos miss

4/2/07 12:47  
Blogger DDivinal said...

ser insincero e livre... viver livre uma mentira aprisionado a uma verdade escondida?...

ser insincero e livre... apelativa a ideia mas será?

4/2/07 16:15  
Blogger cruelenelcartel said...

é dificil encontrar um poema que em tão pouco diga tanto.
só não gostei da imagem, é assustadora.
è de propósito?
bj

4/2/07 18:24  
Blogger M&S said...

Louco: Adoooro as tuas fotos! Expressam o k sinto, onde as arranjas? (diz...)
A magia existe? ou foste tu k a inventaste?...
A magia é linda!!!

4/2/07 19:04  
Blogger Crystalzinho said...

Passei por aqui e gostei muito da tua casinha.
Podes ser livre e ser amado!! Isso sim, é a maior felicidade que podemos conhecer.
Bjs

4/2/07 20:05  
Blogger Fofa said...

Somos livres de sentirmos e crermos! E de chorar ou rir por isso!

A tua loucura é saudável!

Bjo fofo

4/2/07 22:27  
Blogger Azul said...

Querer é poder...e quando queremos muito algo...

Doce loucura que se vive nos teus instantes...

5/2/07 12:41  
Blogger M&S said...

Obrigada!!!...por seres fiiiixe!!!
Se soubéssemos partilhar melhor o que temos... então teríamos bem mais!
O que kiseres levar lá de kasa...está à vontade!
Todos nós somos diferentes sim... mas somos cópias uns dos outros, só que originais!
Os melhores, normalmente são seguidos...mas isso é bom!
Quanto à liberdade...é bela! Mas a felicidade é mais!

kiss até outro momento feliz! :-]
E...Be happy! ...if you can!

5/2/07 19:07  
Blogger Alex said...

Será que queres? Ser insincero, livre? Eu leio ao contrário ...

Não amo, não digo, não falo, sou livre.


Um beijinho para ti

6/2/07 10:09  
Blogger Dara Martins said...

Viva a LIBERDADE....

"Persegue-me...deixa-me livre...deixa-me viver...Persegue-me"

Bom f-d-semana.
Beijinhos!
Dara Martins

16/2/07 22:17  

Enviar um comentário

<< Home

online