In§tante§ ð'um £ouco
Existem certas coisas que...
Não cabem numa frase
Não cabem numa estrofe
Não cabem num poema
Nem em mil poemas
Não cabem numa ideia
Não cabem numa alma
Não cabem num corpo
Nem em mil corpos

Existem certas coisas que...
Apenas se sentem, não cabem num nome

30 Comments:

Blogger .*.Magia.*. said...

Olá Louco...
Existem certas coisas que também não cabem neste comentário...
Por isso fico por aqui!

Mas não vou sem antes deixar um kiss XL...é bónus, mas não te habitues!

Até outra magia criada por nós!
heheh

4/1/07 23:05  
Blogger Miudaaa said...

Como por exemplo???

4/1/07 23:46  
Blogger Miudaaa said...

aqui, na miudaaa e na magia ser dia 4 e em ti dia 5 ???

4/1/07 23:46  
Anonymous Anónimo said...

E existem certas coisas que se sentem... que não cabem dentro do peito.

Belo post. Parabéns!

4/1/07 23:52  
Blogger Giorgia said...

excelente post... mas discordo... há coisas que descreveste que só cabem num nome, em nenhum outro...

beijoks

5/1/07 01:19  
Anonymous Mariana said...

tb axo excelente o post. Mas, há coisas que só têm um nome. E não cabem em dois. :)

5/1/07 02:41  
Blogger rouxinol de Bernardim said...

Bom post... de louco não tens nada! Bom 2007 pleno de loucuras!

5/1/07 07:39  
Blogger missixty2000 said...

Adorei este poema!! Gostei mesmo e concordo plenamente (digo quase o mesmo, num poema meu, Maio 2006 "amor calado"....." o amor está para lá das palavras, inebe-se nas rimas, perde-se nas quadras...."
beijos da miss

5/1/07 12:04  
Anonymous Filha Margarida said...

Olá Papá...
Adorei este poema, nem sei que dizer.
Até sei, adorei-o!

Bem me despeço do teu blog, não posso dizer que me despeço de ti porque tás mesmo aqui ao pé de mim...

Bjs amigos dos amigos, que são meus amigos e amigos do meu pai e amigos dos meus amigos.

Que grande confusão, lol.

Até outro dia.

5/1/07 12:25  
Anonymous Secreta said...

E há algo melhor do que os "sentires" ?
Lindo poema.
Beijito.

5/1/07 14:37  
Blogger Mixikó said...

"apenas de sentem"...não se dizem..
beijos...adorei louco

5/1/07 14:44  
Blogger Desassossego said...

...suspiro...
Tantas, tantas e tão poucas...
beijo doce...

5/1/07 15:09  
Blogger ALEXIA said...

Sim existem certas coisas.......

lindissimo eu adorei e vou de fim de semana mais animada

beijocas

5/1/07 15:32  
Anonymous Anónimo said...

Para quê palavras quando existe um olhar, um sorriso, um abraço, um suspiro, um beijo...?
Cada uma delas com nome, mas será que as defines?
Será que quando sentidas sabes descrever em palavras?
Beijo

5/1/07 16:28  
Blogger Paula Raposo said...

Pois não. Tens toda a razão. Coisas...certas coisas, não cabem em lado algum. São sonhos. Beijos.

5/1/07 16:36  
Blogger Silvia said...

Não cabem num nome, nem num gesto...
Apenas senti-las com o coração.
Bom fim de semana Louco.

Um beijo e um :)

5/1/07 17:07  
Blogger NARNIA said...

Doce e serenamente podem ser guardados na paisagem da mente... esse é um palco excelente para visitar emoções.

Fica um sorriso :))

5/1/07 19:58  
Anonymous mac said...

Os nomes das coisas é algo inventado para lhes tirar o anonimato...basta sentir.

5/1/07 23:02  
Blogger dreams said...

não cabem num nome porque não existe palavra que a possa definir...
cabe apenas no coração... num sentir...
e que bom poder senti-lo...

um beijo doce *
“·.¸Dreams¸.·”

6/1/07 02:10  
Anonymous Anónimo said...

-elas existem sim....e nada á como expressalas...
Apenas se sentem, as vezes nos sufocam, outras vezes nos fazem sorrir sem saber porque...
Mas sim....existem e nem sabemos o q lhes fazer...

bom fim de semana...:)***

6/1/07 16:05  
Blogger morena said...

Nada mais redutor que a própria palavra!!! Por isso é que a poesia existe... porque deixa espaços entreabertos para deixar entrar e sair mil emoções e sentidos nossos.
Beijos, um fds produtivo!...
São

6/1/07 16:22  
Anonymous Menina_marota said...

...de facto...é preciso senti-las... na alma...

Bom fim de semana;)
Um abraço

6/1/07 16:26  
Blogger Rosa Brava said...

Lindo...quando o sentimento é verdadeiro, não importa mais nada, a não ser senti-lo...

Bj ;)

6/1/07 16:27  
Blogger Poesia Portuguesa said...

Rouxinol de Bernardim...

ainda bem que te vi aqui... como posso entrar em contacto contigo? Não tens endereço de email no teu Blogue...

(Desculpem servir-me daqui como correio, mas apanheio-o a jeito mesmo aqui...)

Um abraço ;)

6/1/07 16:30  
Blogger .*.Magia.*. said...

Olá Crazy Boy!!!!
Vim aqui saber quem vai limpar a chuva de folhas que invadem a sala do mocinho que está lá em cima a tocar...!
Ninguém o avisou que devia alugar uma casa com tecto?
Eu sei que tu não tens nada a ver com isso, até porque existem certas coisas que...mas também existem certas coisas que...e certas coisas que...
Pois é...
Também sei que neste comentário não cabe mais nada, porque como sempre, estendo-me no palavreado, exagero e já não cabe nem sequer um nome, nem sequer um adjectivo...

Talvez um verbo...!
Um verbo deve caber...
Ora deixa-me ver um verbo interessante...
Hummmm
...magicar...gosto deste verbo!

Assim me despeço com amizade e um beijo L

...agora vou ali MAGICAR !

(só não percebo como o video acaba com a sala numa lástima, e depois quando começa já está tudo limpinho e o rapaz nem sequer tem ar de quem andou a varrer folhas da alcatifa... Há certas coisas que...)

6/1/07 17:06  
Blogger .*.Magia.*. said...

Ah...gostei da decoração que está por cima do sofá...especialmente do formato daquele sol...mas não gostei da tatuagem tamanho familiar que o mocinho que canta tem no bracinho...
Não havia necessidadezzzzz

Há certas coisas que...

6/1/07 17:09  
Blogger Andreia do Flautim said...

São essas coisas que às vezes só nós próprios percebemos!

6/1/07 18:25  
Anonymous Anónimo said...

Só para dizer que tens razão...mesmo quando o nome é amor ou paixão ou outra coisa boa qualquer, mesmo quando o nome é o teu!Há coisas sem nome para serem chamadas, apenas sentidas.

8/1/07 02:19  
Blogger Lia Noronha said...

Certas coisas...que já se expressam por si só....mil significados e respostas...Bjus mil!!!

10/1/07 22:42  
Blogger Diva said...

São as melhores/piores da vida... Fazem-nos sofrer, fazem-nos chorar, fazem-nos sorrir, fazem-nos viver... No entanto não em cabem em nós embora vivem em nós. Gostei muito.

24/1/07 01:16  

Enviar um comentário

<< Home

online