In§tante§ ð'um £ouco
Sem palavras
Sem expressão
Sem começo
Sem fim

Um intenso nada queima-me a alma...

39 Comments:

Blogger diva dos sonhos said...

Louco meu doce Louco...venho deixar-te Sonhos Lindos para Sonhares....Cheios de expressão, de sentir, de amor, de...de..de..e de.....

6/12/06 00:02  
Blogger Som do Silêncio said...

Mas tu sabes tão bem quanto quem te lê, que palavras não te faltam e sempre cheias de expressão!
Elas têm sempre um começo e um fim, é só entender!

Beijo Silencioso

6/12/06 00:19  
Blogger Estranha pessoa esta said...

É esse sem começo e sem fim que atormenta nada.
O não definido.
Assim sem corolário!

6/12/06 01:19  
Blogger Estranha pessoa esta said...

Atormenta nada?
Atormenta o tudo sem ser ainda nada..
Ou atormenta tudo?
Atormento o nada sem ser ainda tudo.

6/12/06 01:20  
Blogger Miudaaa said...

Louco Preferido...

'Talvez por não saber falar de cor, Imaginei
Talvez por saber o que não será melhor, Aproximei
Meu corpo é o teu corpo o desejo entregue a nós
Sei lá eu o ue queres dizer, Despedir-me de ti
Adeus um dia voltarei a ser feliz

Eu já não sei se sei o que é sentir o teu amor,
não sei, o que é sentir, se por falar falei
Pensei que se falasse era fácil de entender'

Falta só UM !!!
um, que vale por mil palavras, mil expressões... não é o do começo nem o do fim, está no meio :-)))

Um... um numero intenso...!!!

6/12/06 01:23  
Blogger .*.Magia.*. said...

Bom dia Louco!

"Com palavras
Com expressão
Sem começo
Sem fim

Um intenso tudo queima-me a alma..."

Seremos resvés inversamente proporcionais ou inversamente proporcionais resvés ????

Dou-te outra hipótese e faço a pergunta de outra maneira...seremos "resvés Campo de Ourique" inversamente proporcionais ???

(Não precisas responder!)

...

MOMENTO DE CULTURA...!

RESVÉS do Lat. rasu, raspado + Lat. versu, adj. e adv., cerce; à justa.

"RESVÉS CAMPO DE OURIQUE"
O terramoto que aconteceu em Lisboa em 1755 chegou mesmo mesmo até onde? Campo de Ourique, exactamente!

(Tu és Louco de Lisboa, já deves saber esta história...mas eu não sabia, fiquei a saber ;)

Cheers

6/12/06 10:03  
Blogger mãeterra said...

um nada??? parece-me mais um tudo que se quer e não se alcança...
fugi à l ocura agora sou mesmo insana...

6/12/06 10:33  
Blogger .*.Magia.*. said...

(RESSALVA)

Louco...

Aspas????
Eu fiz aspas antes do Com palavras???? Retiro as aspas, mas não retiro o que disse...

Explico melhor:

Com palavras
Com expressão
Sem começo
Sem fim

Um intenso tudo queima-me a alma...

Isto que escrevi lá em cima, é sem " "... pode ser com Idem, mas sem aspar...!
(sim, eu disse ASPAR, verbo aspar)
Eu aspei
Tu aspaste
...
...

(Verbo desaspar, sim eu disse verbo DESASPAR)
Eu desaspo
Tu desaspas
...
...

Tenho dito, aliás...tenho escrito!

Cheers Crazy Boy

6/12/06 11:16  
Anonymous Anónimo said...

Olá Poeta, Louco de Lisboa

Pode ser sem tudo ou sem nada...
...Mas não é sem expressão e, sem sentir.

Um abraço amigo

6/12/06 12:29  
Blogger Silvia said...

Louco,
Sem ter nada, podemos ter tudo...
Sem ter nada, podemos ser tudo...
Sem ter nada, podemos conquistar o mundo.

Beijos e um :)

6/12/06 12:50  
Anonymous Anónimo said...

E as palavras que escreves voltam a enchê-la...

O processo é assim por mais que se negue.

Bjs

6/12/06 13:43  
Blogger .*.Magia.*. said...

(lembrei-me disto agora!)

Há muitos posts que não te deixo um beijo mágico...

Por isso vim só deixar um magic kiss de "moi pour toi"...

Só isso...
Aliás só isto!

Sublinho o beijo com marcador flourescente...!

6/12/06 13:51  
Blogger Andreia do Flautim said...

Pior que estar triste é não sentir nada...

Beijo

6/12/06 15:29  
Blogger Thiago Forrest Gump said...

Há dias assim.

6/12/06 15:30  
Blogger Thiago Forrest Gump said...

Há dias assim.

6/12/06 15:31  
Blogger Teresa Durães said...

às vezes fico assim e se não soubesse que depois regresso ao corpo, ficava louca de todo.

odeio esses momentos.

6/12/06 17:41  
Blogger Som do Silêncio said...

Olá Louco.
A postagem já comentei, mas vim de novo ouvir a música!

Beijo

6/12/06 19:11  
Blogger Bandida said...

... eu percebo


te




e


beijo...
__________________

6/12/06 19:37  
Anonymous Anónimo said...

O buraco negro!! Sai dessa que vais enlouquecer!!! :)

Grande abraço!

P.S. O velhote já está melhor, depois dividimos o saque! :D

6/12/06 20:56  
Blogger Isabel Magalhães said...

Excelentes as fotos do teu blog.

Belas as palavras.








beijinho.
I.

6/12/06 21:23  
Blogger brisa de palavras said...

ÀS vezes temos coisas que nos atormetam e parecem não ter principio nem fim...
um abraço
brisa de palavras

6/12/06 21:29  
Blogger Papoila said...

Gostei desta máscara!
Beijo

6/12/06 21:50  
Blogger Pedro Gamboa said...

As vezes temos de deixar arder…

Abraço

7/12/06 00:45  
Blogger Do éter para o éter said...

É apenas a lua,
a esvaziar as marés.....
É só isso!

7/12/06 03:14  
Blogger anjoedemonio said...

... e bom fim de semana!

**:))))

7/12/06 11:46  
Anonymous mac said...

Limitar a navegar no infinito, de corpo e cabeça oca...

7/12/06 16:13  
Blogger Little Girl said...

Vim deixar um grande beijinhooooooo

Bom fim de semana

7/12/06 17:47  
Blogger Maria Juana said...

Bom fim de semana Louco...

Beijos and cheers:)

7/12/06 18:10  
Blogger Bela said...

Hoje sinto-me assim também...num tormento completamente descontente...

Abraço

7/12/06 20:09  
Anonymous Anónimo said...

Minha alma saiu de mim
E anda por aí...
Vagueia prourando encontrar
O que sobrou de mim.
Cadê o que sobrou?

Menina da Lua: PEP
UM ABRAÇO E UM SORRISO!

7/12/06 20:25  
Blogger M5Sol said...

À vezes um pequeno nada - queima-nos a alma.
Com a grandeza das palavras que tive o prazer de ler neste lindo espaço, estou em crer que logo, logo, estará essa alma sarada.
Um beijo do tamanho do mundo.

7/12/06 20:25  
Blogger DarkMorgana said...

Hum...
Acho que podes tornar isso em...

100 palavras
100 expressões
100 começos
100 fins

Beijinhos

Ps- ainda não foste "ao castigo"!

7/12/06 21:00  
Blogger .*.Magia.*. said...

Apeteceu-me vir retribuir os Shiuuuuuuuuuusssssssssss que deixaste lá no meu estáminé...!

Não me perguntes porquê...

APETECEU-ME...

Kisso-te Crazy Boy

7/12/06 21:29  
Blogger as velas ardem ate ao fim said...

As vezes as mascaras existem para nos proteger...

Bjinhos

7/12/06 22:36  
Anonymous Lammazze said...

As máscaras são um ponto sem retorno
Até!

7/12/06 23:30  
Anonymous mj said...

A vida nem sempre permite o soltar da alma...

Escondemo-nos, quantas vezes até de nós mesmos!E dos outros...

Faz bem sentir-mo-nos de rosto limpo, as vezes soltar a "máscara",a beleza e luz...

Outras há, que quando caem, se revelam cinzentas...
Beijo

7/12/06 23:32  
Anonymous Anónimo said...

A máscara...todos temos uma.

10/12/06 20:53  
Blogger Mixikó said...

Um intenso nada??
Bahhhhhhhhhhhhhhhhhhhh...
Se é intenso...é porque é/foi algo...e só por isso valeu a pena...
bela foto, como sempre...

12/12/06 11:08  
Blogger Cleopatra said...

Não gosto dessa máscara. Nem das outras....

17/12/06 00:38  

Enviar um comentário

<< Home

online