In§tante§ ð'um £ouco
Sobe o pano, o espectáculo vai começar
Não é apenas o dia que amanhece, com ele vêm as marionetes.
Todos os movimentos, acções, gestos, nada lhes pertence
São manipuladas por um destino, seja ele bom ou mau...
Lágrimas, risos, são genuinamente encomendados.
O espectáculo tem momentos de paixão, de dor, de encantamento e tristeza
Há momentos em que as emoções são tão fortes
Que dá a impressão que ganham VIDA!!

E a felicidade!?
A felicidade depende das insconstâncias...

38 Comments:

Blogger .*.Magia.*. said...

Olá louco!
A felicidade?
Pode estar ali ao lado---->

Depende das inconstâncias...

Lindo texto, lindas palavras, lindo video...

LINDO!
Kiss Crazy Boy

7/11/06 00:14  
Blogger Lilliput said...

Recuso-me a acreditar no destino, acredito no espectáculo, nas marionetas, mas eu sou real, e ao som desta musica linda não posso duvidar na genuinidade dos sentimentos, dos momentos...
Nós pintamos a nossa tela!
beijos

7/11/06 00:17  
Blogger Bela said...

A vida é um quadro,do qual somos os pintores.
Boa noite :)

7/11/06 01:15  
Blogger Lilliput said...

Sente a musica dela, não a tentes compreender...
O significado, a tradução está no ritmo que nos enche por dentro.
Para mim é paixão, desejo, saudade, entrega...
Para ti é ????

7/11/06 01:54  
Anonymous Secreta said...

Sobe o pano ... a vida é um espectaculo ...
A felicidade ... onde está ?!
Beijito.

7/11/06 09:55  
Blogger Ari said...

Não perguntes onde mora a felicidade

Quando lá chegares saberás !

Depois chama-me...

Uma beijoka

7/11/06 10:16  
Blogger (L)oca said...

Tanta verdade em tão poucas linhas, até assusta a simplicidade desta vida...

7/11/06 10:32  
Anonymous Anónimo said...

Olá louco de Lisboa

É o nosso espectáculo da vida real, com paixão, dor e encantamento…

Um abraço amigo

7/11/06 11:47  
Blogger Paula Raposo said...

Confesso que nunca apreciei marionetas! Beijos para ti.

7/11/06 11:50  
Blogger .*.Magia.*. said...

Bom dia Louco...

Tive uma trabalheira a limpar o Bar...
Ontem foste embora e nada de me ajudar...

Olha, até rimou!
Não apareceste para o pequeno almoço...esperei por ti!

Olha, sabias que a Estranha assaltou o Bar durante a noite e roubou a lata dos tremoços...descobriu onde guardaste a chave...mas que ideia aquela de pôr a chave debaixo do tapete...És mesmo louco!

Sabes, doi-me o braço, fartei-me de varrer...logo pela fresquinha da manhã!

7/11/06 12:06  
Blogger .*.Magia.*. said...

Olha Louco...
Quanto leva a menina que tão bem canta por estes lados, para ir cantar umas músicas lá no meu Bar?

Tens o email dela????

7/11/06 12:18  
Anonymous Anónimo said...

Confesso que estou numa fase em que já não sei de nada... Não sei se manipulo ou se sou manipulada...

E a felicidade? Depende das inconstâncias... Por vezes, as certezas ficam fragilizadas... E temos de nos questionar... As respostas nem sempre são fáceis...

Beijo grande.

7/11/06 12:46  
Blogger Teresa Durães said...

há gente assim, realmente, assim que abrem a boca... o texto sai decorado. As lágrimas e os risos.

Até li há pouco um artigo de gente especializada nisso. É uma doença para alguns. Impressionante.

E omundo avança e vai-se aprendendo

Fica bem

Teresa

7/11/06 14:36  
Blogger (L)oca said...

voltei...pus os phones e fechei os olhos...não me passou a bolha toda, mas ajudou imenso.

7/11/06 17:17  
Blogger Mixikó said...

lindo lindo lindo lindo lindo lindo
Adorei...um beijinho com um toque de emoção

7/11/06 17:44  
Blogger Papoila said...

Olá Senhor Louco:
Nas inconstâncias deste teatro de marionetas lá vou achando aqui e ali a felicidade por instantes... mais ou menos loucos. Lindo!
Beijo inconstante

7/11/06 17:50  
Blogger Silvia said...

Gostei, ta lindo...
Um beijo e um .-)

7/11/06 18:57  
Blogger Ana Fonseca said...

Não acredito no destino... Não acredito mesmo! Não consigo ver-me como uma marionete que se move por vontade outra que não minha... E o caderno da minha vida, preencho-o eu com os meus dias e com as minhas histórias! Por acreditar nisso, acredito que a felicidade depende tanto de nós como de quem nos rodeia... E a infelicidade depende das incompatibilidades das felicidades de cada um!
Mais uma vez, muito bem escrito! Um prazer ler-te!

7/11/06 20:39  
Anonymous Anónimo said...

Pois eu acredito em tudo o que me anestesie e possa servir de desculpabilização à falta de amor e de VIDA que sinto em mim...Haverão cada vez menos marionetas com o dom da vida-e cada vez mais humanos com o dom de serem marionetas.
Tenho pena mas é a verdade. TEmos que nos concentrar nos que ainda podem ser salvos...e são poucos.

7/11/06 20:56  
Blogger Andreia do Flautim said...

este post fez-me lembrar um teatro que vi no sábado. Gostei:)

7/11/06 21:43  
Anonymous bandida said...

marionetas da ilusão.



en(cantas)-me.



abraço!
________________

8/11/06 00:05  
Blogger Som do Silêncio said...

Tão poucas palavras mas tão verdadeiras...
Quanto à escolha musical, Louco, 5*

8/11/06 00:19  
Anonymous Anónimo said...

Desde que foste até lá para a macarronada...jamais me visitaste.
Hoje encontrei-te no Bar aberto da Magia. Espero por Ti.
Beijos.

Nota:não sei o k se passa hoje que não consigo postar desta forma, sempre consegui, parece que tudo mudou e vou ter k postar como anónima. KALINKA.

8/11/06 00:28  
Blogger Miudaaa said...

A felicidade só fica feliz quando encontra muitos e muitos momentos de felicidade...

Subam o pano e deixem os momentos de felicidade pairar... no ar, pelo ar...o dia já começou... :-)

um beijo de miudaaa_na_lua :-)

8/11/06 00:44  
Blogger Little Girl said...

Somos todos "Marionetes da Vida"...

E todas elas acabam por ganhar vida...

Beijinhos com encantamento...

8/11/06 09:45  
Blogger .*.Magia.*. said...

Bom dia Louco!

Vim numa de cuscar e pedir ajuda!

Sabes que o Zé FazUma me sabotou o bar? Encheu o buraco da fechadura de pastilha elástica e fechou-se lá dentro com a Estranha...
Espero reforços para o arrombamento da porta...
Vais lá????

Sabes Louco...
Adoro este texto por mil razões, diz-me muito, assim como a foto...
Eu já disse lá em cima, mas volto a dizer...

LINDO

Kiss Crazy Boy

8/11/06 10:03  
Anonymous Anónimo said...

Olá louco de lisboa

Bom dia...
Musica é realmente contigo, está uma delicia para a alma.

Saudações da Madeira
Um abraço amigo

8/11/06 11:22  
Blogger Vida said...

Bom dia Louco... a noite foi violenta lá para o bar da Magia, eu fiquei KO bem cedo, foram as bejekas, hoje vou para o champanhe francês e um pastelito.
Mais uma vez um excelente texto, tão verdadeiro... olha, vai à minha tasca que tenho lá um pedido para ti.

Beijos.

8/11/06 16:29  
Blogger Ana Caio said...

a vida é realmente a maior peça de teatro que há... é pena por vezes não termos o completo controlo sobre ela!:D muitas vezes caímos do palco... o cenário cai... e apenas aprendemos a rir desses momentos com satisfação!

8/11/06 17:08  
Blogger Menina_marota said...

"..O espectáculo tem momentos de paixão, de dor, de encantamento e tristeza..."

... tal como a Vida!

Nota 5 para a escolha da música. Excelente.
Um abraço ;)

8/11/06 18:35  
Blogger Martek@x said...

louco... faltam-me palavras loucas mas... adorei!

8/11/06 19:57  
Blogger Memórias de Um Sorriso Luso said...

Olá Louco

E a felicidade? a felicidade não se busca, vive-se diáriamente com o que temos à mão...para mim é assim de simples.

Um beijinho

8/11/06 20:20  
Blogger Little Girl said...

Olá Louco!!!

Só voltei para ouvir o som que aqui pairava....

Beijos =:P

8/11/06 21:51  
Blogger Estranha pessoa esta said...

Li na vertical.
Ainda nao senti bem.
Venho mais logo, com mais calma.
Por agora deixo o meu miocárdio de instantes.

8/11/06 22:26  
Blogger Cocas said...

A felicidade por vezes esta diante de nós e não a queremos ver por querermos mais e mais!
bjs

8/11/06 22:46  
Blogger 2pintas said...

nós somos umas verdadeiras marionetes! manipuladas pelas emoções e elas fazem-nos viver!

9/11/06 19:35  
Blogger Francieli Rebelatto said...

A felicidade depende também da inconstância da vida, seríamos marionetes então manipuladas pelo tempo, pelas dúvidas, pelos sentimentos... sim, acho que somos, mas o fato é que temos um espetáculo pela frente, então abram-se as cortinas, pois eu querooo aplausos, mesmo sendo mais uma modesta marionete...

9/11/06 22:19  
Blogger Alex said...

Irreverência ?



Vim deixar-te um beijo,
desejar-te um bom S. Martinho

11/11/06 19:52  

Enviar um comentário

<< Home

online