In§tante§ ð'um £ouco
Posso trazer o céu até á minha mão
Quando minha alma a outra se enreda.
Nada acharás mais sereno,
Nada que se adapte tanto a um sonho...

47 Comments:

Blogger Alma said...

segue-me

4/10/06 00:34  
Anonymous Anónimo said...

No azul me perco ou me encontro...
Ou agarro o sonho com ambas as mãos e um olhar tranquilo...
Um abraço,
f.l.

4/10/06 00:36  
Blogger marta said...

Neste teu cantinho, boas leituras...

Obrigada!

Uma semana cheia de sonhos...

4/10/06 00:55  
Blogger Tânia Pereira said...

O amor é lindo de ser respirado quando antes se transpirou uma paixão.
Gosto muito da tua maneira de sentir...pelo menos internécticamente.
Se consegues trazer o céu até à tua mão "só" por sentires assim, imagino o que a outra parte sentirá (se a isso estiver disposta/o)...arrepiei-me.

4/10/06 03:11  
Blogger Desassossego said...

Quando nos achamos e perdemos na Alma de outro alguém podemos sem sombra de dúvida alcançar o inatingivel, amar o impossivel e possuir o que não tem dono...
Um xi grande.

4/10/06 09:46  
Blogger (L)oca said...

Sonho, sem dúvida...
Por vezes até parece que toca a realidade, mas desvanecesse...como a espuma do mar.

4/10/06 10:16  
Blogger asdrubal tudo bem said...

foda-se que hoje estava bem era no lugar da mulher da tua fotografia.

4/10/06 10:20  
Blogger al cardoso said...

Pois e "de sao e de louco todos temos um pouco"

Bonito gostei do que li.

4/10/06 10:24  
Blogger RPM said...

Louco, amigo!

faz o favor de me trazeres 'o céu à minha mão', pleaseeeeee.....!!!

abraço amigo

RPM

4/10/06 11:03  
Blogger crispipe said...

E quando tudo isto acontece não é um sonho, é uma doce e mágica realidade. E porque muitos sonhos se tornam realidade.....
Jokinhas

4/10/06 11:20  
Blogger Maria P. said...

Apeteceu voar para o teu blog...

neste instante, beijo

4/10/06 11:32  
Blogger Andreia do Flautim said...

Ainda gostava de sentir a sensação do céu na minha mão...

Então já meditaste tudo sobre:

ANDREIA DO FLAUTIM
FLAUTIM DA ANDREIA

?

Depois diz-me a que conclusão chegaste...

4/10/06 11:44  
Blogger anjoedemonio said...

fico sem saber o que te dizer!

gosto muito do que escreves, mas a maior parte das vezes dizes tudo!

qualquer comentário torna-se banal!

fica bem.:)))

4/10/06 12:36  
Blogger rui said...

Olá...
O querer move montanhas, porque não o céu!
Omnipotente.
Um abraço

4/10/06 13:03  
Blogger .*.Magia.*. said...

Olá Louco

Arrumei as botas, não sei se já sabes...!
Se não sabes ficas saber!
Por isso, hoje, não posso te comentar, porque só comento com as botas calçadas!!!!
Por isso resolvi pedir ajuda á Mafaldinha...a Veiga...e olha só o que ela escreveu para ti...

Um filme

"O quarto amanhece
A luz quase rasga
Há um plano da cama
Um livro no chão
A roupa espalhada
Os olhos fechados
A imagem sem som
da televisão
...
Dois corpos deixados
no vão da janela
que filtram a luz
Azul do abandono
Um plano fechado
Do rosto e das mãos
E o movimento lento
E leve do sono
...
E no que resta do escuro
Tudo o que se deu
E colada ao tecto
A imensidão do céu"



Olha a Mafaldinha...a Veiga, está a dizer-me que te manda um beijinho azul da cor do teu céu!

Quanto a mim...saio em discretamente em silêncio, vou dar espaço à Mafaldinha, para brilhar e ofuscar aqui no teu blog, afinal ela também tem direito aos seus 15 minutos de fama ;)

4/10/06 14:00  
Blogger Miudaaa said...

Um sonho tornado realidade mais dia, menos dia... na serenidade verdadeira, pela qual tantos de nós ânseia.
um beijo :-) de miudaaa

4/10/06 14:03  
Blogger AnaGarrett said...

Sonhos... sohos....

4/10/06 14:07  
Blogger .*.Magia.*. said...

Por "Instantes de um Louco", calcei as botas e vim dizer-te que vou voltar a descalçá-las quando chegar a casa.
Por isso, estarão exactamente no mesmo sitio, imundas, tal qual como as viste...e se não as quiseres ver...não precisas de as olhar...
Não me digas que preferes olhar para um par de botas desactivado em vez de olhares para mim...

4/10/06 14:51  
Anonymous Anónimo said...

a realidade sonhada num enlaçar de mãos...

um...

´´´´´´ ¸.•“´..--^--..`“•.¸
´´´´´´)______Beijo______(
´´´´´´ `“•.¸.______.¸.•“´

4/10/06 16:33  
Blogger 2pintas said...

sereno...assim é o céu em dias de sol! e quanto a sonhos hum..alguns o são mas outros são do diabo, verdadeiros pesadelos!?;)
mas deves continuar a sonhar alto para nós!:)

4/10/06 16:56  
Blogger Mixikó said...

Sereno...é tão bom sentirmo-nos assim...beijos

4/10/06 17:32  
Blogger Martek@x said...

tenho saudades de palavras lOUCAS, vim ate aqui mesmo para te ler e dar um grande beijinho!

4/10/06 17:47  
Blogger Ruby Sackville-Baggins said...

Qual será o tamanho da tua loucura?

Shhhh

4/10/06 19:42  
Blogger Trivialidados said...

Adorei as palavras. Bom feriado.

4/10/06 20:01  
Blogger Alma said...

~~~~~~~~~~~~~beijos

4/10/06 20:07  
Anonymous cusca said...

Os teus desejos transcedem os sonhos :)

que bonito!

4/10/06 21:57  
Blogger Papoila said...

Senhor Louco!
Quando duas almas alcançam o céu... ficam em serenidade à espera do sonho de se darem as mãos...
Louco? Tu?
Beijo

4/10/06 22:05  
Anonymous collybry said...

Loucura...magia...Ceu...sonho, comanda________________Meu rasto,
Cõllybry

4/10/06 23:06  
Anonymous Anónimo said...

Apanhei-te no meu bloge e adorei!!!Isto anda a mexer comigo pela alta qualidade que manténs. muito bem e muito bom!

4/10/06 23:11  
Blogger Åñäii§ said...

Trago o céu nas mãos !

5/10/06 01:06  
Blogger Som do Silêncio said...

...e nesse sonho, digo-te:
"Olá Louco, deixo-te um beijo"

5/10/06 01:41  
Blogger Estranha pessoa esta said...

Não vou referir o "sereno".
Apenas, sentir o " se adapte".
..

Um abraço grande para ti.
Neste.
E noutros instantes.
**

5/10/06 03:58  
Blogger Luna said...

Que serena e adaptada sintas a tua alma
beijinhos

5/10/06 11:04  
Blogger eu said...

"Apenas uma coisa inteiramente transparente
o céu, e por baixo dele a linha obscura do horizonte
nos teus olhos, que pude ver ainda
através de pálpebras semicerradas, pestanas húmidas
da geada matinal, uma névoa de palavras murmuradas
num silêncio de hesitações.." fizeste lembrar este pedaço do Nuno Judíce..porque muitas vezes o sonho é a realidade plena de medo..beijos da lua

5/10/06 12:55  
Blogger Claudia Perotti said...

Querido,

São belos e intensos os seus textos. E agradeço-te imenso os rastros tão carinhosos que deixas em minha página!

Beijinhosssssss

PS: Aqui no Brasil se escreve Umedecer com "U" mesmo! É tão bom perceber o quanto as pessoas ficam atentas. Adoro isso, viu?.

5/10/06 14:38  
Blogger Alma said...

~~~~~~~~~~~beijos

5/10/06 16:33  
Blogger aprendiz de viajante said...

... poucas palavras, quanta sensibilidade!!! Fazes levitar na suavidade das palavras que escolhes tão delicadamente.

Um bjo e bom final de feriado.

5/10/06 19:01  
Blogger arritmias said...

sempre o sonho. sempre a saga de sonhar melhor e mais no ópio.

5/10/06 19:08  
Blogger Francieli Rebelatto said...

Nossa que imagem, que palavras, como sempre magnífico...beijos e te cuida...

5/10/06 19:42  
Blogger as velas ardem ate ao fim said...

Podes?????????????

5/10/06 20:46  
Blogger Velutha said...

Passei para te deixar um beijinho.

5/10/06 21:59  
Blogger weg said...

Que beleza!

:D

5/10/06 22:37  
Blogger Teresa Durães said...

és um pinga-amor, o que és!!!

olha, o vídeo não!!!! sofri com este no metro não sei quanto tempo.

de paragem em paragem só via o fulano a cantar sempre a mesma parte (aquela que ele foge no meio das árvores) isto durante um mês ou mais!!!!! foi muito sofrimento!!!!

e as perguntas, imagina, são para accionar o cérebro :P

(essa coisa em cima dos ombros)

:D

mas pronto, como pinga-amores (tirando o video) deve resultar! as miudas devem gostar todas! eu fico com o Chip!

Boa noite para ti!!

5/10/06 23:27  
Blogger Teresa Durães said...

P.S Mas tens piada!! Isso não nego!!! (muda o vídeo)

5/10/06 23:28  
Blogger Maria said...

O quadro perfeito.
Tens razão, nada se adapta tnto a um sonho.
beijos

5/10/06 23:43  
Blogger Marlene Maravilha said...

Olho, leio, penso, e encontro calma! bom, bom.
abraços

6/10/06 13:04  
Blogger cold water said...

Tive tantas vezes o céu assim... na palma da minha mão, tantas vezes me aninhei em outras almas...

E foi sonho mas a serenidade depressa se transforma em outros estados!!!

Afinal, o céu não é sempre azul... tantos outros tons...

6/10/06 16:13  

Enviar um comentário

<< Home

online