In§tante§ ð'um £ouco
Dizes que me amas
É tão fácil acreditar em ti...
Evito declarar-te o meu cepticismo
Digo que te quero como tu me queres...
Fala! As palavras que disseres
Ingiro-as, como um perfume bendito
Engulo-as, como um doce afortunado.
Exagero?
Há tanta afinidade entre o ser e o não ser.
Tu, mentes que me amas
E eu acredito na mentira que me contas...

64 Comments:

Blogger tb said...

Vim espreitar as tuas loucuras agora que voltei. Viver na ilusão do amor? Opções.
Bem escritas e pensadas estas tuas loucuras.
beijo

10/10/06 01:05  
Anonymous Lilliput said...

esse cepticismo racional vai te levar para longe dos momentos loucos, talvez seja melhor assim ou talvez não...
beijos

10/10/06 02:04  
Blogger Ora Anjo...Ora Lilith said...

Sejamos sensatos ao ponto de dar voz à nossa loucura...que clama pela utopia dos sonhos.

Salve os loucos que como nós confiam saus palavras ao tempo.

Beijos poéticos

10/10/06 04:44  
Blogger Alma da Terra said...

Saudações!
Obrigado por compartilhar um pouquinho de seu espaço comigo
::::::::::::::::::::::::::::
Tenha um Lindo dia
Cadi
:::::::::::::::::::::
Alma da Terra

10/10/06 06:45  
Blogger Trivialidados said...

A loucura não tem nada a ver com a mentira. Olha que a mentira tem pernas curtas.Um bom dia

10/10/06 09:12  
Blogger Alex said...

Às vezes acreditamos naquilo que queremos e não no que os nossos sentidos nos dizem. E nessas alturas somos cegos, surdos, mudos.

Temos que perguntar baixinho a nós mesmos, de maneira a que ninguém mais oiça, em que é que verdadeiramente acreditamos.

Um bom dia para ti.
Obrigada por me teres (des)ignorado.

10/10/06 09:14  
Blogger (L)oca said...

Se minto é porque não sei o que sinto...
Quando estás não te quero, afasto-te;
Quando te vais sinto a tua falta...
Não sei, meu amor se realmente te amo.

10/10/06 09:41  
Blogger .*.Magia.*. said...

Dizes que és Louco
Não é dificil acreditar em ti...
Evito declarar-te o meu cepticismo
Digo-te que sou mais louca que tu

Visita-me!Os comentários que me fazes
Fazem-me rir, como cocegas no céu da boca
Desafiam-me, como uma tentação á minha criatividade
Acredita!
Há tanta afinidade entre a Magia e a Loucura.

Tu, dizes que és Louco
E eu faço que acredito na mentira que me contas...

(Até ver, ficamos assim!)

Beijo mais Louco que tu :P

10/10/06 11:08  
Blogger Paula Raposo said...

Quantas vezes isso acontece!!! Beijos.

10/10/06 11:13  
Blogger anjoedemonio said...

Este inferno de amar - como eu amo!
Quem mo pôs aqui n'alma... quem foi?...

(Almeida Garrett)

um bom dia para ti!!!!

10/10/06 11:19  
Blogger mac said...

Viver numa mentira...pelo menos sabes que é mentira. É no meio entre o ser e o não ser que reside a verdade.

10/10/06 11:22  
Blogger rui said...

Olá, Louco de Lisboa…
Tu, tem cuidado com a mentira, olha que ela fascina, é perigosa, não passa apenas de um simulacro entre a realidade e a ficção. Não entres nesse jogo, vais te enlear até te perderes nesse labirinto sinuoso, que cresce com a primeira insinuação e nunca mais pára.
Um abraço da Madeira

10/10/06 12:29  
Blogger Tita - Uma mulher, Um blog, algumas palavras said...

Eis algo que me incomoda... mas admito que há momentos em que ouvir essa mentira é um feitiço, que aconchega a alma...
que loucura...precisar de acreditar numa mentira para sentir ... é um instante louco....
beijoca

10/10/06 12:35  
Blogger A Lei da Rolha said...

Às vezes a mentira compensa...mas se ponderares bem, será que resulta?
Abraço
obs:continuas com excelente gosto musical, nunca o percas!!!!

10/10/06 12:51  
Blogger RPM said...

pronto. está bem...bou dizer

A M O - T E muitoooooooooooooooooooooooooooooooooooooo.

será que chega???

mas não é mentira. Amo este espaço.....

abraço grande

RPM

10/10/06 13:05  
Blogger RPM said...

louco...não me roubes...

vai a este site: www.spaceweather.com e procura, na coluna da direita o dia 4 de outubro, se não estou em erro

abraço

RPM

10/10/06 13:39  
Blogger Andreia do Flautim said...

Quando queremos acreditar as coisas parece que se tornam reais...

10/10/06 13:49  
Blogger Besnico di Roma said...

A verdade é a mentira em que queremos acreditar.
Continuo convencido que é preciso ser muito louco para possuir tanta lucidez.
Um forte abraço.
PS – Já agora, gostei muito da tua loucura, na apresentação do teu “blog”… és mesmo doido, mas vale a pena. (risos)

10/10/06 14:08  
Blogger Maria P. said...

Alguém perdeu o jogo.

10/10/06 14:10  
Blogger Bela said...

Quando uma mentira é dita muitas vezes, passa a ser verdade...
Será que é assim?
1 Abraço para ti.

10/10/06 14:13  
Blogger asdrubal tudo bem said...

se dizes é fácil acreditar não faz sentido dares a entender que és céptico em relação ao amor dessa pessoa.
Definitivamente poesia não é o meu forte fico-me pela música e pelas imagens que uma vez mais gostei,

10/10/06 14:31  
Blogger MalucaResponsavel said...

acreditas pq qrs acreditar... e isso acontece demasiadas vezes... bj

10/10/06 14:40  
Anonymous Princesa said...

E assim lembrei uma canção, que de brincadeira canto a duas vozes com um amigo da praia:

"O nosso amor é tão bonito!
Ela finge que me ama,
E eu finjo que acredito

O nosso falso amor é tão sincero..."

Beijinhos loucos!
Princesse

10/10/06 14:43  
Blogger Teresa said...

No amor não há mentiras, e podem ate chamar-me louca por fazer tal afirmação... Quando existe uma relação o amor sente-se, não se diz, o olhar não engana, se não amas o teu olhar vai-te denunciar... e como se diz... o pior cego é aquele que não quer ver.

Até
Beiju

10/10/06 15:08  
Blogger .*.Magia.*. said...

Ora bem,

Vim admoestar que o teu comentário me fez alvissaras no céu da boca!
Admoesto também que que esta palavra mexeu muito comigo!

Admoestar...

Sabes...
Eu admo_estar aqui!

Dizes que me admoestas
É tão fácil alvissarar em ti...
Evito admoestar as minhas alvissaras,
Mas confesso que te alvissaro como tu me admoestas...

Alvissaro-te

Deixo-te um Admoesto mágico


Admoestar...que beleza de palavra...estou rendida!

10/10/06 15:21  
Blogger .*.Magia.*. said...

Para ti...com as minhas alvissaras!

Conjunção do verbo admoestar no tempo Imperfeito do Conjuntivo

Que eu admoestasse
Que tu admoestasses
Que ele admoestasse
Que nós admoestássemos
Que vós admoestásseis
Que eles admoestassem

Estou emocionada!

10/10/06 15:27  
Blogger Francieli Rebelatto said...

E se te mar de verdade, por que não me dás uma chance de te mostrar que posso te querer muito além???

Gosto de tuas palavras, de tuas descrenças, muito mais de tuas poesias..beijos

10/10/06 15:36  
Anonymous Anónimo said...

Não há nada pior do que viver um amor ilusório.

O vazio acaba por invadir o coração e a alma!

Beijinhos.

10/10/06 15:51  
Anonymous Anónimo said...

Deixo-te palavras de outrém com os meus sentimentos e só depois palavras minhas...ok?

"Era eu a convencer-te que gostas de mim
e tu a convenceres-te que não é bem assim..."
(...)
"Eras tu a ficar por não saber partir...
e eu a rezar para que desaparecesses...
Era eu a rezar para que ficasses..
e tu a ficares enquanto saías."
Toranja- Quebramos os dois

As mentiras que nos contamos para nos mantermos sobrevivos quando tudo nos pede para que nos entreguemos a um naufrágio Há muito anunciado e nunca admitido...
Ainda assim insisto na salvação possível pelo sentimento, quando partilhado e assumido a dois (ou a três ou a um ou a quatro...)

10/10/06 16:06  
Blogger Papoila said...

Senhor Louco!
Os seus instantes Loucos são agora instantes de amor ilusionado...??? Se acredita nele e lhe dizem que sim então é porque é... complicado? ligue o descomplicador... e não a complicação da ilusão...
Parece uma admoestação...
Admoestação???? Gosto da palavra e não consta de Os Quatro Vestidos da Terra...
Beijo

10/10/06 16:32  
Blogger Mixikó said...

Acreditamos sempre na mentira que nos conta...o coração, não é?
beijos a sonhar

10/10/06 17:35  
Blogger anjoedemonio said...

acreditas, porque amas

ou porque não queres perder essse amor

o amar leva-nos a acreditar!!!

10/10/06 18:38  
Blogger anrasaxa said...

... Gostei muito de uma pessoa (prefiro usar o pretérito, talvez para me convencer a mim mesma que é passado) e embora ela dissesse que era recíproco nunca, mas mesmo nunca o demonstrou... portanto não é só falar, os gestos contam muito... Até um simples olhar...

Adoro essa música dos zero 7 e ainda não conhecia o clip que adorei...
e sim, o destino é tramado

10/10/06 19:08  
Blogger Fúria das Águas said...

Oi menino louco, fiz outro blog e vim te convidar a conhece-lo, é bem diferente do que ves em meu aroma.
Gostei do texto, acreditamos no que queremos, fechamos os olhos pra realidade muitas vezes.
Um beijo e fica bem
Temp_nua

http://www.temp_nua.blogger.com.br/

10/10/06 19:16  
Blogger Luna said...

Entre a dualidade de mentiras e verdades, sempre se vai dizendo meias verdades
beijos

10/10/06 20:22  
Blogger .*.Magia.*. said...

Termo de Responsabilidade Ilimitada

Eu Louco de Lisboa autorizo Magia a utilizar a minha foto de perfil para o que lhe convier, em virtude de ter sido contemplado com o SEXAGÉSIMO comentário na loja da mesma.

_____________________
(Louco de Lisboa)

Vá, não reclames!
Assina!

(Ah, Só mais uma coisinha:
Sem as regras não existiam excepções...eu sou a excepção, ainda não percebeste????)

10/10/06 20:31  
Blogger Som do Silêncio said...

É lindo demais o que escreveste...
É verdadeiro demais o que escreveste...
E agora...nem sei o que te dizer...para ser verdadeira....

Beijo Louco

10/10/06 20:33  
Anonymous Anónimo said...

Desculpa não comentar o post... mas, pq apenas quero comentar a tua musica. :)
Pq eu adorooooo os zero 7 :))
esta musica é espectacular :)

bj**

10/10/06 21:02  
Blogger Louco de Lisboa said...

Magia...
Tu porventura, assim por acaso, sei lá, se não te fizer muita diferença, não podes guardar isso para outra altura, tipo 30 de Fevereiro?
Não, pois não...? Pois...

Vou assinar, mas sinto que me vou arrepender!!



TERMO DE IRRESPONSABIIDADE LIMITADA

Eu Louco de Lisboa autorizo Magia a utilizar a minha foto de perfil para o que lhe convier, em virtude de ter sido contemplado com o SEXAGÉSIMO comentário na loja da mesma.


£oµ¢o Ðe £Î§ßoa

10/10/06 22:07  
Blogger as velas ardem ate ao fim said...

MEU querido louco,

O que é a verdade?e a mentira?aproveita e ama....

Bjos loucos

10/10/06 22:18  
Blogger nina sem medo said...

Não sei o que gosto mais, se os teus posts ou das tuas brincadeiras com a magia. Já pensaram casar. Era tão giro fazer um casamento aqui na blogoesfera. Punham um post comum a anunciar o casamento e depois iniciavam um blog conjunto, chamado, sei lá, "instantes mágicos" (bem mais giro). Aposto que com ela não tinhas que fazer joguinhos racionais do tipo "evito declarar-te o meu cepticismo..." Vá lá, ela é tão gira quanto tu... [aceitas magia?] ;-P

10/10/06 22:19  
Anonymous paper life said...

Também eu engoli, sorvi muitas mentiras, mas nunca com prazer.

Porque é que em poesia é tão bonito assim?

:)

Obrigada

10/10/06 22:22  
Blogger rui said...

Epa... se essa história do casamento vai pra frente, eu prometo que organizo aqui na ilha a estadia da lua de mel.
Força...

10/10/06 23:09  
Blogger Estranha pessoa esta said...

ehhe
Não sei porquê mas, esse termo de responsabilidade (i) LIMITADA ainda vai dar bronca!
Uma bronca de magia regada de loucura.
----------------------------------

Em relação ás linhas e entrelinhas...
Tenho para mim que aquele ponto de interrogação deveria estar umas linhas abaixo.

Ou será acima?

11/10/06 00:03  
Anonymous Anónimo said...

O nosso coração sabe sempre onde está a verdade, e quando ele decide falar não existe mentira que possa ser dita para o calar
bjs
MDB

11/10/06 11:27  
Blogger Verinha said...

É o amor! Que dizer de tamanho sentimento?!
Sem comentários... muito bom

Jokas Amorosas ;)

11/10/06 11:28  
Anonymous Saramar said...

E não será isso o amor?
Acreditar na mentira do outro?
Muito bonito! Gostei demais.

beijo

11/10/06 11:49  
Blogger Isabel said...

Acreditar nas mentiras ás vezes torna-as verdades.
Duvidar das verdades pode faze-las mentira.
Cuidado a dúvida!
Eu gosto de acreditar no poder e na força do amor.


Isabel

11/10/06 12:41  
Blogger Ana Luar said...

Meu querido isso em que acreditas é apenas a verdade do que se diz ser mentira... que se lixe o resto.
Imagina a vida cheia de certezas.... QUE SECA!!!!

11/10/06 12:42  
Blogger Vida said...

E acreditar é tão simples... então porquê essa louca dúvida? Adormece-a.

Beijocas.

11/10/06 13:15  
Blogger .*.Magia.*. said...

No Kiss?
Até outro desistante?
Unhas de fome?
Achas pouco um desejo?

PROTESTO!

Isto assim não pode continuar...!
Por isso...

Big Magic Kiss For You Crazy Boy
Até outro instante mágico-louco criado por nós
E como tenho mãos de fada, concedo-te um desejo e metade de outro...

--Fecha os olhos!
--Pensa num desejo e metade de outro!

Há um provérbio que diz:
"Loucura com Magia se paga"

Tens troco de 2 €uros?????

11/10/06 15:33  
Blogger .*.Magia.*. said...

Pode ser em moedas de 5 centimos!

11/10/06 15:36  
Blogger karvoeiro said...

interessante o video...

11/10/06 17:14  
Anonymous cusca said...

Que grande mentirosa ela é !
Mas, eu acredito no teu bonito poema.

Bj

11/10/06 19:28  
Blogger Do éter para o éter said...

O amor é um instante. Aquele que fica.
A mentira de amor não existe.
Existe apenas o que o amor inventa para sobreviver, juntamente com tudo aquilo em que é mais seguro acreditar.

Eu acredito no amor, não na sua mentira.

Beijo grande

12/10/06 00:18  
Blogger Ana Fonseca said...

Eu acredito no amor e na capacidade de amar... Mas por vezes é a mentira que sustenta tanta coisa! Tantos braços e tantos abraços! Por vezes até o amor, é sustentado pela mentira!
Belo texto, como todos os que tenho lido! Ousei comentar este, e voltarei, com certeza!
Fica muito bem!

12/10/06 19:59  
Blogger 2pintas said...

simplesmente...
por vezes fazemos que acreditamos mas não acreditamos!
a mentira...afirmação contrária à verdade que por meio desta, todos recorrem de modo a induzir em erro o próximo!
...talvez, para não magoarmos com a verdade nua e cruel como flechas que despedaçam o coração, o amor e mantem-no na ilusão...no acreditar de palavras doces! ;)
beijinho:**************************

12/10/06 20:58  
Blogger Teresa Durães said...

(estou dois post atrasada...)

boa noite!!

este podiam ser as minhas palavras de ceptico que é!!

hum....

vou ao outro!

12/10/06 23:15  
Blogger Corvo Negro said...

Viva caro louco. Louco és ou louco pareces?
A minha curiosidade permitiu-me este comentário vestido de retribuição... e, admiro os homens que não sendo poetas, escrevem poesia.
Já sobre "amor" - não percebo nada disso, pelo que me remeto à contenção.
Portanto, acreditas nessa mentira (afirmas), tanto quanto a fé que alimentas na presunção do louco que te sugeres.
Se louco fores, meu irmão te considero.
Abraço.

13/10/06 01:30  
Blogger .*.Magia.*. said...

Olha só que achado!!!!

O sexagésimo comentário deste post é meu!...

Daqui já ninguém me tira!

E agora Louco!...????

Como é que ficamos?

Hummm?

Que tens tu para me alvissarar por ter encontrado o 60º comentário que ninguém quis?????

16/10/06 00:20  
Blogger Louco de Lisboa said...

Ora... queres melhor coisa que poderes conviver com uma pessoa como eu, cheio de... e de... e de... e de... e de... tu sabes!
Aí está, por isso considera-te alvissarada! ;)

Bigue kiss fore iu

16/10/06 11:54  
Blogger .*.Magia.*. said...

Está certissimo Sr. Louco!

Entendi!

Já agora, vim aqui dizer-lhe que o SEXagégimo comentário está disponivel novamente na minha loja...Se estiver por aí...e o quiser alvissarar...tenha a bondade de se dirigir lá!
É só clicar com carinho mesmo por cima do meu lindo rosto de Magia...que encontrará o caminho...

Kiss foriou

17/10/06 15:02  
Blogger Cleopatra said...

E se ela estiver a falar verdade????

18/10/06 23:28  
Blogger inBluesY said...

mentir não...aceites.

19/10/06 21:14  

Enviar um comentário

<< Home

online