In§tante§ ð'um £ouco
Resolvi silenciar...
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
Grito surdo de saudade!!!!



"Queria que estivesses aqui

(...)

Como eu queria...
Como eu queria que estivesses aqui
Somos apenas duas almas perdidas
Nadando num aquário
Ano após ano
Correndo sobre este mesmo velho chão
O que encontramos?
Os mesmos velhos medos
Queria que estivesses aqui"

25 Comments:

Blogger .*.Magia.*. said...

Um beijo de magia para ti, Louco!

1/9/06 00:22  
Blogger margusta said...

E não é a saudade um grito surdo!?

Beijinhos para ti...

1/9/06 01:15  
Anonymous Anónimo said...

E...
Será que não estou?
Hoje,
Respeito o silêncio...
Dou-te um beijo!

1/9/06 03:38  
Blogger Papoila said...

Olá Louco!
Saudades... saudades... medos... almas perdidas... Louco! As almas com saudades encontram-se... no meu campo deu à costa uma Gôndola com um sonho... Talvez ajudes a fazê-la navegar... Uma papoila para ti. Beijo

1/9/06 11:15  
Blogger Paula Raposo said...

Belo! Gostei imenso...Beijos, bom fim de semana.

1/9/06 11:34  
Blogger crispipe said...

No silencio
ouvimos melhor
sentimos mais
Doce silencio
Jokinhas

1/9/06 11:40  
Blogger anrasaxa said...

Ai esse piano que me dá a volta a cabeça...
lindíssimo o poema...
lindíssimo tudo...
é sempre um prazer vir espreitar a tua "loucura"

1/9/06 12:47  
Blogger Som do Silêncio said...

Louco, eu estarei sempre aqui, nem que seja a ler-te!
Estarei também sempre ali, e sorrirei quando me visitares!

Bjs como se estivesse aí!

1/9/06 12:53  
Blogger rosachok said...

olá :)

Até o silêncio sou melhor aqui... a tua loucura é um bálsamo!

Beijinhos silenciosos

1/9/06 15:39  
Blogger Lis said...

Parabéns pelo silêncio que fica depois de ser ler.

1/9/06 16:55  
Anonymous su said...

SE calhar até está...e ainda bem que escutas o silêncio! ; )
Um beijo da Teia.

1/9/06 19:52  
Anonymous broken.heart said...

Lindão,
Enquanto esperas, porque não deves deixar de esperar, ou melhor, lutar, corre para o meu espelho e diz-me,
Existe alguém mais louco do que eu?
Jokinhas

1/9/06 21:51  
Anonymous Anónimo said...

Compreendo o teu silêncio...
Serás louco?
Não!
És tão sómente... alguém muito só!

1/9/06 22:02  
Blogger MoonLight said...

O silêncio traz-nos sempre muitas respostas.
Aproveita-o.
E se sentes saudades... grita-as ao vento... ele leva-te a mensagem até onde ela tiver que ir...
Bjs de Luz

1/9/06 22:20  
Blogger Cleopatra said...

Não gosto do silêncio...
tem sempre gosto ou sabor a saudade!

1/9/06 23:21  
Blogger 2pintas said...

É sempre no silêncio de palavras que gritamos de saudade!...
saudade...daqueles que vimos partir!
saudade...daqueles que mais adoramos e amamos!...desejando ao mundo que eles aqui estivessem!
:}

2/9/06 00:27  
Anonymous LM said...

Beijo com carinho o teu silêncio!

2/9/06 00:51  
Blogger Miudaaa said...

Eu vou estar AQUI... hoje e sempre...
e quando quiseres silenciar o teu silencio, eu apesar de miudaaa_traquinas, vou respeitar o teu QUERER e ficar sossegadinha... dentro do aquário!!!

Um beijo da miudaaa_aquariana

2/9/06 01:32  
Blogger Teresa Durães said...

(gosto da música, não sei de quem é, é de quem?)

(O post está entre aspas. As palavras são tuas?)

(O Voando esteve a Voar por uns dias por isso o link não funcionava)

Ufff. O comentário:

Conheço bem demais esse grito surdo. Nem percebo porque esses gritos têm de existir. Tento sempre lutar contra o medo porque não faz sentido outro modo de existir. a vida já é demasiado absurda para não agirmos no que pudemos. Bom fim de semana

2/9/06 19:09  
Anonymous collybry said...

Pior ainda que o silêncio era
privar-te dele, e não te fazer companhia...
Silêncio, que nele nos encontramos
quando deixamos que se relele,o que sufucamos...
Meu rasto...
Cõllybry

2/9/06 19:47  
Blogger Ana Luar said...

Mas eu estou... tu é que não me vês.

Pois.
.
.
.
.
.
.
.
.
é
.
.
.
tens
.
.
.
.
que .
.
.
.
comprar
.
.
.
.
oculos.
.
.
pk eu estou aqui.... sempre aqui!

2/9/06 23:24  
Blogger Vida said...

Gritos no silêncio, todos precisamos de os dar.

Beijinhos com carinho.

2/9/06 23:50  
Blogger Tânia Pereira said...

AMEI a imagem. EStá linda e fertilizante é o termo que me ocorre para descrevê-la.

25/9/06 02:07  
Blogger Do éter para o éter said...

Também eu queria soltar o velho cão!
Mas, continuo a passea-lo....

Vivo no abismo, entre o cair e o levantar voo...

Adorei o teu blog (menino de sorriso dourado!)

8/10/06 22:10  
Anonymous Anónimo said...

"How I wish, how I wish you were here.

We're just two lost souls swimming in a fish bowl,
year after year,
running over the same old ground. What have we found?

The same old fears,
wish you were here."


Gostei......... :)

10/10/06 22:56  

Enviar um comentário

<< Home

online